Aos 80 anos, o escritor e editor mineiro Sebastião Nunes foi o grande homenageado da edição

Um dos certames literários mais relevantes do país, o Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura divulgou nesta quarta (5) a relação dos vencedores da edição 2018. O grande homenageado foi o escritor mineiro Sebastião Nunes, de 80 anos, com intensa e reconhecida produção literária. Também foram contemplados o gaúcho Emir Rossoni(categoria conto), a paulistana Ana Laura Duarte (categoria poesia) e o mineiro Jonathan Tavares Diniz (categoria Jovem Escritor Mineiro). O valor total da premiação é de R$ 212 mil.

Sob responsabilidade da Secretaria de Estado de Cultura, o Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura visa expandir a literatura brasileira, impulsionar os jovens escritores, além de dar o devido reconhecimento a nomes já consagrados. A edição de 2018 bateu recorde de inscritos, com 445 originais recebidos pela equipe da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário.

Também editor, Sebastião Nunes recebeu a notícia na exata data de seu aniversário de 80 anos, completados no dia 5 de dezembro. “Esse tipo de prêmio é sempre importante pelo aspecto incentivador que tem. Estimula os jovens escritores que estão começando, além de reconhecer os escritores que, como eu, já têm 40 a 50 anos de estrada. Receber essa premiação ajuda bastante a minha pesquisa, e vai originar novas obras”, comemorou o autor.

Natural da cidade mineira de Bocaiúva e residente em Sabará, Sebastião Nunes possui 26 livros publicados, além de participação como diagramador e ilustrador em parceria com outros escritores, entre eles Murilo Rubião. Destacam-se entre suas obras os livros “Antologia Mamaluca”, “Poesia Inédita”, “Última Carta da América”, “A Cidade de Deus”, dentre outras.

 

A escolha do júri pelo conjunto da obra de Sebastião Nunes foi alvo de comemoração por parte do secretário Angelo Oswaldo. "Sebastião Nunes é um dos mais importantes poetas da atualidade, sendo também artista gráfico, escritor e editor. De sua atuação em múltiplas vertentes resulta uma obra que se impõe no quadro nacional e é por isso merecidamente reconhecida", destacou.

Para Lucas Guimaraens, Superintendente de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário, é importante lembrar que o prêmio não se dedica somente a escritores consagrados, mas também impulsiona trajetórias de iniciantes na arte da escrita. “Além dos renomados, aqueles jovens com substrato suficiente para o desenvolvimento de obras literárias conseguem ver seus sonhos realizados a partir da categoria Jovem Escritor Mineiro”, disse.

OS VENCEDORES NAS DEMAIS CATEGORIAS

O vencedor da categoria Conto foi o escritor Emir Rossoni, sob o pseudônimo de “Velasquez”, com o livro “Domanda Nisio”. Emir nasceu na cidade de Nova Bassano e vive na cidade de Porto Alegre, ambas no Rio Grande do Sul. O escritor já venceu cerca de 30 premiações na área da literatura, dentre elas o Prêmio Felippe D’ Oliveira e o Prêmio Escriba de Piracicaba.

 
Na categoria Jovem Escritor Mineiro o vencedor foi Jonathan Tavares Diniz, com o projeto “Antes de Vera”, sob o pseudônimo de Jandira Krenak. Natural de Belo Horizonte, o escritor tem sua obra voltada para questões que remetem à transexualidade e suas implicações na vida social e afetiva.
 
Em poesia a escolhida foi Ana Laura Duarte, com a obra “Dança Antiga Para Cavalos”. A escritora, nascida em Sorocaba, São Paulo, tem 31 anos e já foi finalista de vários prêmios de literatura. Foi vencedora do Proac Poesia 2013/2014.

NOVIDADES

Entre as novidades deste ano, a premiação abriu espaço para obras voltadas para a linguagem dos Contos, gênero ao qual pertence o consagrado escritor Murilo Rubião.

Na categoria Jovem Escritor Mineiro, apenas participantes nascidos em Minas Gerais com idade entre 18 e 32 anos puderam concorrer.

Já a categoria Conjunto da Obra não recebe inscritos. Os concorrentes são selecionados previamente por uma comissão especialmente designada para tal. Autores cuja obra tenha inegável qualidade e relevância para a literatura brasileira e que tenha também contribuído de maneira decisiva para novos rumos da produção e/ou crítica literária brasileira.

Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura

O Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura tem revelado e reconhecido grandes fazedores da escrita. Na categoria “conjunto da obra” já foram homenageados Conceição Evaristo (2017), Adélia Prado (2016), Fábio Lucas (2015), Ferreira Gullar (2013), Rui Mourão (2012), Affonso Ávila (2011), Silviano Santiago (2010), Luís Fernando Veríssimo (2009), Sérgio Sant’Anna (2008) e Antonio Candido (2007).

Do valor total de R$ 212 mil, o edital vai distribuir a premiação da seguinte forma: as categorias “Poesia” e “Ficção (conto)” recebem R$ 25 mil cada; o homenageado pelo “Conjunto da Obra” recebe R$ 120 mil, enquanto o vencedor na categoria “Jovem Escritor Mineiro” é agraciado com seis parcelas de R$ 7 mil (totalizando R$ 42 mil).

QUEM FORAM OS JURADOS DA EDIÇÃO 2018

CONJUNTO DA OBRA POESIA JOVEM ESCRITOR FICÇÃO
Maria Ester Maciel                                Branca Maria de Paula Adriane Garcia Pereira Carlos Antônio Machado
Lucia Castello Branco José Eduardo Silva Alex Senz Fuziy João Paulo Gonçalvez
Reinaldo Martiniano Marques Sergio Francisco Cruz Luís Alberto Ferreira Leonardo Santos Francelino