×

Erro

Passed variable is not an array or object, using empty array instead

Com o intuito de amenizar os efeitos do distanciamento social, iniciativa valoriza o hábito da leitura para pessoas com 60 anos ou mais e oferece acervo digital com mais de 20 mil e-books
 
Desde o início das medidas de isolamento decretadas para conter a disseminação da pandemia de Covid-19 no estado, a Biblioteca Pública de Minas Gerais tem apostado em uma programação diversificada em ambiente virtual. O foco, desta vez, são pessoas com 60 anos ou mais, para que elas aproveitem, no conforto de casa, o universo da Literatura. O Clube de Leitura 6.0 é voltado exclusivamente para pessoas idosas e que celebra a literatura e seus mais variados gêneros.
 
A parceria é firmada entre Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas (SEBP), com o apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas de Gerais (Sedese), por meio da Coordenadoria Estadual de Políticas para a Pessoa Idosa (CEPID) e Sistema Estadual de Redes em Direitos Humanos (SER-DH). Serão promovidos momentos de leitura virtual a fim de contribuir para que o distanciamento social seja mais agradável e sadio. Os interessados podem fazer a inscrição por meio de preenchimento de formulário online. ACESSE AQUI.
 
O Clube da Leitura 6.0 é uma iniciativa do Observatório do Livro e da Leitura, fundação privada que mantém 100 Clubes de Leitura em 20 localidades no estado de São Paulo, que já trocou as práticas habituais pelas conversas online. E com o Clube de Leitura 6.0, vem agora partilhar tal experiência com os municípios mineiros, oferecendo, também em formato virtual, o acesso gratuito a uma biblioteca digital com acervo de qualidade constituído por 20 mil e-books. Dessa forma, os participantes são incentivados a ler, de onde estiverem, usando o celular, tablet ou computador. A interação também é feita pelas redes sociais WhatsApp e Facebook.
 
Para quem apresenta alguma dificuldade para ler sozinho e não quer ficar de fora da “Quarentena Literária”, como foi batizada a iniciativa, é possível, ainda, ouvir os audiolivros do projeto, que podem ser acessados por meio de uma biblioteca sonora, e, assim, se tornar membro do Clube de Leitura do Audiolivro, também gratuito. Sempre a partir de uma lista básica de obras preparada pelos curadores do projeto e com acompanhamento de mediadores, os participantes podem sugerir e votar em seus e-books prediletos.
 
Segundo o presidente do Observatório, Galeno Amorim, a parceria representa um avanço, pois, para ele, é muito importante propiciar entretenimento de qualidade e interação para ajudar os mais velhos a lidarem com o confinamento ao qual estão obrigados pela pandemia. O que é recíproco para o Governo do Estado de Minas Gerais, pela possibilidade da prática do distanciamento social de forma segura e lúdica.
 
A diretora do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas da Secult, Alessandra Gino, destaca que a ação cumpre um papel importante para a formação de novos públicos. “A partir da parceria do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas com o Clube de Leitura 6.0 podemos levar a leitura para outros municípios do Estado. Assim, podemos ampliar nossa atuação no interior e garantir que as pessoas acima de 60 anos também possam ter acesso ao universo do conhecimento, com a segurança de estarem em casa”, pontua Alessandra.
 
O coordenador Estadual dos Direitos para Pessoa Idosa, Rodrigo Marques da Costa, reforça que nesse tempo de pandemia, onde o isolamento de pessoas idosas se tornou obrigatório, a ação vai contribuir consideravelmente para a melhoraria da qualidade de vida desta população.
 
A Biblioteca Pública Estadual é um equipamento da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) e integra o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte.